menu
Ouça Ao Vivo!
São Francisco do Sul - Santa Catarina | Whatsapp: 47 99901-1499
ATRIBUNA SC
-
MAIS QUALIDADE
INFRAESTRUTURA
INFRAESTRUTURA
MAIS QUALIDADE
Postada em 09/01/2018 ás 12h45 - atualizada em 09/01/2018 ás 12h45
Calçamento Comunitário passa a ser mais fiscalizado
“Somente empresas qualificadas com aprovação da prefeitura e da comunidade, devem trabalhar com calçamento de ruas em São Francisco do Sul”.
Calçamento Comunitário passa a ser mais fiscalizado

Calçamento no Ubatuba

 



Prefeitura municipal preocupada na melhoria do atendimento ao cidadão regulamenta serviços de calçamento comunitário, e passa a fiscalizar as obras com maior regularidade.



 Em 2017 após chamamento através de edital público, e após processo de análise técnica, somente três empresas preencheram os quesitos necessários para executarem os serviços de calçamento no município. As empresas; Belga Empreiteira Ltda., Sólidos Indústria e Comércio e Artefatos de Cimento Raimondi foram habilitadas e pré-qualificadas para executarem os trabalhos de calçamento com lajotas e Pavers.



Antes do edital, as empresas não eram pré-qualificadas pela Prefeitura e não passavam por um processo administrativo de aprovação, ou seja, o serviço, muitas vezes, não era supervisionado por um engenheiro responsável e não possuía um projeto disponível para análise. Dessa forma, a qualidade das lajotas e do serviço, além do preço, não atendia uma norma pré-estabelecida.



A partir deste ano, as empresas habilitadas trabalharão com um valor máximo a ser cobrado por m². Elas também devem apresentar, na Prefeitura, antes do início das obras, um laudo de resistência das lajotas/Pavers, um documento com as assinaturas dos moradores, um projeto dentro das normas, um termo de compromisso de garantia de cada obra, além de outras especificações. Cabe ao município fiscalizar a execução dos serviços via Seinfra, emitir ordem de autorização para o início da obra e deliberar uma rua de cada vez por empresa.



“Basicamente o que muda, é que a Prefeitura passa a analisar, aprovar e fiscalizar esses serviços de perto, garantindo um serviço de melhor qualidade, dentro das normas corretas para os munícipes”, ressaltou o secretário de Obras, Sérgio Murilo de Oliveira.



Novo edital



Para oportunizar mais empresas, o município estará lançando nesta segunda quinzena de janeiro um novo edital, com prazo de 90 dias com a finalidade de credenciar e habilitar outros interessados. “Nós queremos um número maior de empresas qualificadas para que exista maior concorrência de preços, e também para que os moradores tenham opções de escolha e preço”, concluiu Oliveira.



Apoio da comunidade



A prefeitura esta fazendo a parte dela, mas, para que realmente as melhorias no atendimento dos pedidos de calçamento comunitário e os serviços aconteçam dentro das normas exigidas conforme regulamentação, a população precisa fazer a parte dela que é contratar as empresas que estejam cadastradas e aprovadas pelos órgãos competentes do município.



 


leia também
°
Umidade:
Vento: -

Publicidade
BOLSAS

BOVESPA

%
0 pontos
CÂMBIO

DÓLAR COMERCIAL

%
R$ 0,000

EURO

%
R$ 0,000
Publicidade
Mega-Sena

Concurso n°:

Ganhadores:

R$
Realizado em em
Publicidade
Publicidade
Enquete
facebook
publicidades
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados